Central de Comunicação // CNA

10/08/2018

CNA trabalha para viabilizar a exportação de hortaliças

Brasília (10/08/2018) – Para identificar as possibilidades de abertura de comércio internacional de hortaliças, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) realizou uma reunião na quinta (9) na sede da instituição em Brasília. 

O encontro de trabalho é uma continuação das ações realizadas no InterAgro, que organizou um Seminário de Comércio Exterior sobre Hortaliças no mês de junho, em Holambra, interior de São Paulo. 

Participaram da reunião, o gestor de programa Brazilian Suppliers da Apex, Maurício Manfré, o analista de Relações Internacionais, Pedro Netto e o diretor do Instituto Brasileiro de Horticultura, Luciano Vilela. 

De acordo com o analista da CNA, o país tem potencial para ampliar a exportação das hortaliças. “Anualmente, o Brasil exporta aproximadamente 20 milhões de dólares de hortaliças. A batata é o produto com maior representatividade, com 25% das exportações, mas também exportamos batata-doce, mandioca, tomate e cebola”, declara.

Desde 2015, o Ibrahort participa de rodada de negócios em vários países para verificar de que forma o produto nacional pode ser inserido. “O objetivo da aproximação com a Apex é desenvolver um projeto setorial para criar a cultura comercial exportadora e mapear mercados e oportunidades”, afirma.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109 1419
Fotos: https://www.flickr.com/photos/canaldoprodutor
cnabrasil.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA 
instagram.com/SistemaCNA
senar.org.br
twitter.com/SENARBrasil
facebook.com/SENARBrasil

Veja também