Selecione a área de sua atuação

ComunicaçãoNotícias CNA

06/03/2012 | Suinocultura

Exportação de carne suína

O Estado de Goiás fez, na última semana, o primeiro embarque de carne suína para a China através da empresa BRF Brasil Foods, instalada no município de Rio Verde.

O presidente do Sistema FAEG/SENAR, José Mário Schreiner, elogiou o trabalho do produtor rural goiano por mais essa conquista. “O produtor goiano está de parabéns por essa conquista única no Brasil. É o reconhecimento de seu esforço no momento em que o estado de Santa Catarina ainda está credenciando suas granjas para a exportação”, elogia.

Por enquanto, a BRF está autorizada a exportar apenas carne suína desossada para aquele país, mas a empresa já trabalha para habilitar plantas instaladas em Santa Catarina, de onde é permitido também o embarque de carne suína com osso, uma vez que aquele Estado é considerado livre de febre aftosa sem vacinação.

O produto de exportação é a sobrepaleta suína congelada sem osso e os volumes serão comercializados pela joint venture criada recentemente pela BRF e a empresa chinesa Dah Chong Hong Limited – DCH para distribuir produtos no mercado chinês, processar carnes em unidades locais, desenvolver a marca Sadia e atuar nos canais de varejo e food service na China Continental, Hong Kong e Macau.

A expectativa da empresa é que o negócio represente, no primeiro ano, volumes acima de 140 mil toneladas e receitas de aproximadamente US$ 450 milhões, com investimentos em capital de giro.

A China é o maior produtor de carne suína do mundo, porém não tem oferta suficiente para suprir a demanda local. O acesso àquele mercado é um marco para a BRF e para o Brasil, pois abre promissoras perspectivas para o agronegócio nacional.

Gerência de Comunicação do Sistema FAEG/SENAR, com informações da BRF Brasil Foods
www.sistemafaeg.com.br

Compartilhe